ÁREA DO ASSINANTE

Israel Chemicals relata lucro de US$ 139 milhões no primeiro trimestre de 2019


A produtora de fertilizantes e minerais Israel Chemicals, controlada pela Israel Corporation da Idan Ofer, divulgou lucro de US$ 139 milhões no primeiro trimestre de 2019, comparado a um lucro líquido de US$ 928 milhões no primeiro trimestre de 2018, quando a empresa tinha um grande capital. 

O lucro líquido ajustado, excluindo itens únicos, totalizou US$ 150 milhões no primeiro trimestre, 41% a mais do que no trimestre correspondente do ano anterior. O lucro foi de US$ 0,12 por ação, US$ 0,02 acima da estimativa média dos analistas que cobrem a empresa.

Israel Chemicals relatou um aumento de 0,8% nas vendas, para US$ 1,42 bilhão no trimestre, enquanto o lucro operacional ajustado cresceu 59%, para US$ 241 milhões.

A Israel Chemicals explica que o aumento do lucro resultou principalmente do preço mais alto dos produtos à base de cloreto de potássio e bromo, aumento no volume de vendas na cadeia de valor de bromo, melhores margens de lucro no setor de fosfatos e redução de custos.

O lucro da ICL em potássio saltou 84% no primeiro trimestre, apesar de uma queda de 8% nas vendas quantitativas de potássio (92.000 t), devido às interrupções da Israel Railways e ao término da atividade de produção de potássio no Reino Unido. O preço médio de potássio subiu US$ 33/t, 13%, no trimestre, chegando a US$ 294 por tonelada. A receita de potássio da Israel Chemicals subiu 9% para US$ 384 milhões no primeiro trimestre.

A receita dos produtos industriais (baseados em bromo) da Israel Chemicals cresceu 10,4%, para US$ 350 milhões. O lucro operacional neste setor estabeleceu um novo recorde, com uma margem de lucro operacional de 28% das vendas, em comparação com 21% no primeiro trimestre de 2018.

A receita de produtos de fosfato subiu 0,8%, para US$ 537 milhões, e a margem de lucro da Israel Chemicals neste setor subiu de 5,3% no primeiro trimestre do ano passado para 6,5% no primeiro trimestre deste ano. A empresa atribuiu maior lucro no setor principalmente a um efeito positivo dos preços na maior parte da cadeia de valor de fosfato, incluindo preços mais altos para fertilizantes fosfatados e ácidos, sais e suplementos alimentares à base de fosfato.

O fluxo de caixa da Israel Chemicals totalizou US$ 173 milhões no primeiro trimestre de 2019, comparado com US$ 36 milhões no trimestre correspondente do ano passado, como resultado de um lucro líquido mais alto (excluindo ganhos de capital), maiores receitas de derivativos e pagamentos de impostos.

A Israel Chemicals, administrada pelo CEO Raviv Zoller, anunciou que distribuiria um dividendo de US$ 76 milhões a seus acionistas em junho.

O preço das ações da Israel Chemicals respondeu aos relatórios com um aumento de 6% em um grande volume de negócios. O preço das ações da empresa subiu 20% no ano passado, elevando sua capitalização de mercado para 24,5 bilhões de libras.

Zoller disse hoje: "Conseguimos um forte começo para 2019, com crescimento significativo da lucratividade registrado em todas as nossas três cadeias de valor mineral... Estou confiante de que o forte início de 2019 nos coloca no caminho certo para alcançar mais um ano de desempenho sólido."

globes 07/04/2019



Cadastre-se e receba semanalmente e gratuitamente direto em seu e-mail a Newsletter do GlobalFert.



© 2019 GlobalFert - Todos os direitos reservados

Principal provedor de informações
estratégicas no mercado de fertilizantes