Santos quebra recorde mensal consecutivo. Adubos tiveram o maior crescimento


A movimentação de cargas no Porto de Santos registrou em agosto novo recorde mensal, atingindo o total de 12.342.511 toneladas. Após romper a barreira dos 12 milhões de toneladas, até então o maior movimento mensal da história, verificado  em julho último (12.053.697 toneladas), o novo recorde o superou em  2,4%  e em 15,8% o resultado de agosto do ano passado (10.661.252 t).

O movimento acumulado também desponta como a maior marca para o período com 85.440.143 toneladas, superando em 8,7% o recorde anterior, verificado em agosto do ano passado, com destaque para as altas nos contêineres (28,48 milhões de toneladas), de 8,4%, complexo soja (19,70 milhões de toneladas), incremento de 10,9%, açúcar (13,39 milhões de toneladas), crescimento de 4,1%, e  milho (5,71 milhões de toneladas), com aumento de 15,8%.

Com a apuração, a projeção de fechamento para este ano sobe para  124.936.517 toneladas , consolidando assim  novo recorde anual, com crescimento de 9,8% em relação a 2016.

Enquanto o movimento mensal registrou crescimento maior das exportações, com total de 9.089.780 toneladas e 17,4% de variação, o total acumulado apontou aumento maior das importações com 23.323.423 toneladas, 14,1% a maior.

Os embarques de milho e do chamado complexo soja, que abrange as operações com grãos e farelos, foram predominantes para o forte desempenho das exportações  no mês. Com quase 3 milhões de toneladas exportadas, o milho foi a carga de maior destaque neste fluxo, superando em 67,7% o verificado em agosto do ano passado. O complexo soja, após o auge do escoamento da safra 2017, chegou a quase 900 mil toneladas, registrando aumento de 43,3% sobre agosto de 2016. O açúcar, segunda carga de maior expressão com 2,16 milhões de toneladas, caiu 9,8%.

No total acumulado, onde as importações registraram maior crescimento, os destaques foram as descargas de adubo, óleo diesel e gasóleo e enxofre. A carga de maior expressão foi o adubo com 2,52 milhões de toneladas e crescimento de 28,3%, seguido por óleo diesel e gasóleo, com 1,59 milhões de toneladas e incremento de 44,2%. O enxofre chegou a 1,24 milhões de toneladas, com expressivo aumento de 44,2%.

A movimentação de contêineres registrou em TEU (unidades equivalentes a contêineres de 20 pés) registrou crescimento de 0,5% no mês, atingindo 338.472 TEU, e de 5,5% no acumulado até agosto, com 2.464.369 TEU.

Na balança comercial, Santos segue com liderança isolada, consolidando o total de US$ 68,1 bilhões nas operações com o mercado externo, registrando aumento de 9,83% em relação ao acumulado em igual período de 2016, e uma participação de 27,9% sobre o total brasileiro. O aumento foi maior nas exportações que subiram para US$ 39,6 bilhões, com incremento de 11,1%. As importações cresceram 7,9%, atingindo o total de US$ 28,5 bilhões.

O principal parceiro comercial do Porto de Santos, foi a China, com US$ 4,42 bilhões em mercadorias importadas e US$ 5,94 bilhões em exportações. As cargas operadas quanto ao valor no comércio exterior foram o gasóleo (óleo diesel) – US$ 662 milhões -nas importações, principalmente para os Estados Unidos, e, nas exportações, a soja – US$ 5,24 bilhões -,predominantemente  para a China.

 

Portos e Navios, 25/09/2017



Cadastre-se e receba semanalmente e gratuitamente direto em seu e-mail a Newsletter do GlobalFert.



© 2017 GlobalFert - Todos os direitos reservados

Principal provedor de informações
estratégicas no mercado de fertilizantes