Yara reverte prejuízo em lucro líquido de US$ 106,6 milhões no 4º tri


A fabricante norueguesa de fertilizantes Yara International reportou lucro líquido de 846 milhões de coroas norueguesas (US$ 106,6 milhões) no quarto trimestre de 2017. O resultado reverte o prejuízo de 333 milhões de coroas norueguesas (US$ 41,9 milhões) obtido no mesmo período de 2016. O lucro por ação ficou em 3,10 coroas norueguesas (US$ 0,32), ante a perda de 1,22 coroas (US$ 0,15) por ação verificada nos últimos três meses de 2016.

A receita do último trimestre ficou em 23,937 bilhões de coroas norueguesas (US$ 3,02 bilhões), alta de 7,21% na variação anual. No Ebitda do período (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) houve desempenho positivo em 25,3%, para 2,526 bilhões de coroas norueguesas (US$ 318 milhões) em igual comparação.

Ao excluir itens especiais, o Ebitda passa para 2,845 bilhões de coroas (US$ 359 milhões), também acima das 2,474 bilhões de coroas (US$ 312 milhões) obtidas no quarto trimestre de 2016, em 15%.

As entregas de fertilizantes totalizaram 6,642 milhões de toneladas no trimestre, queda de 3,22% em relação às 6,863 milhões de toneladas entregues no mesmo intervalo do ano anterior. Na avaliação por produto, as entregas de ureia ficaram em 1,150 milhão de toneladas no trimestre, redução de 9%; as de nitrato chegaram a 1,513 milhão de toneladas, aumento de 2,43%; enquanto as de NPK caíram 4,22%, a 2,679 milhões de toneladas ante os três últimos meses de 2016.

De acordo com a companhia, os principais mercados são a Europa, cujas entregas de fertilizantes somaram 2,243 milhões de toneladas no quarto trimestre de 2017, redução de 2,18% comparada ao ano anterior, e o Brasil, com entregas de 2,297 milhões de toneladas, 6,16% menores que o registrado no mesmo período do ano anterior.

Desempenho anual

No acumulado de 2017, o lucro líquido ficou em 3,948 bilhões de coroas norueguesas (US$ 499 milhões), forte redução de 37,9% ante as 6,360 bilhões de coroas (US$ 804 milhões) obtidas no total de 2016. O lucro por ação foi de 14,45 coroas norueguesas (US$ 1,82). A receita anual somou 93,812 bilhões de coroas (US$ 11,86 bilhões), diminuição de 3,45%, enquanto o Ebitda ficou negativo em 28,5%, para 11,120 bilhões de coroas (US$ 1,405 bilhão).

As entregas de fertilizantes totalizaram 27,159 milhões de toneladas em 2017, leve redução de 0,37% na variação anual. A Europa respondeu por 9,159 milhões de toneladas, baixa de 2,75%, e o Brasil marcou entregas de 9,04 milhões de toneladas, 1,83% menores no comparativo anual.

 

Isto É, 08/02/2018

 



Cadastre-se e receba semanalmente e gratuitamente direto em seu e-mail a Newsletter do GlobalFert.



© 2018 GlobalFert - Todos os direitos reservados

Principal provedor de informações
estratégicas no mercado de fertilizantes