Culturas

Com redução nos custos de fertilizantes, plantio de trigo está avançado no Paraná

De acordo com a Folha de S. Paulo, o tempo seco favorece o plantio de trigo no Paraná. Nos meses de abril e maio os produtores já haviam semeado cerca de 70% da área que será destinada ao produto (a média foi de 60% para os 5 anos anteriores).

Neste mês, contudo, o ritmo de plantio está mais lento devido a chuvas e solo úmido. A área que destinada à cultura devera ser de 970 mil hectares no Paraná (queda de 11% em relação a 2016).

Essa estratégia do produtor visa obter mais tempo para programar a safra de verão.

Os produtores tiveram um pequeno alívio no custo de sementes, dos fertilizantes e dos agroquímicos nesta safra, o que gerou uma economia de R$ 3 por saca (gastos com a produção recuraram, em édia, para R$ 37 por saca)

O cenário dos preços não é muito atraente. Há uma recuperação desse setor na Argentina, país que interfere no patamar de negociações de trigo nacional.

A produção mundial de trigo deverá ser superior a  700 milhões de toneladas na safra 2017/18 (praticamente o mesmo volume do consumo, 734 milhões, segundo o Usda).

 

Folha de S. Paulo, 30/06/2017

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo