Culturas

Projeto auxilia cafeicultores no uso de fertilizantes

De acordo com o site Canal Rural, no sul de Minas Gerais, um programa que difunde técnicas de gestão tem ajudado cafeicultores a alcançarem melhores resultados na propriedade e é isso que o projeto Educampo tem demonstrado aos produtores mineiros. 

Programa foi criado em 2011 pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais (Sebrae-MG). Em cada região do estado, técnicos credenciados auxiliam os cafeicultores no gerenciamento técnico e financeiro das fazendas. Para o produtor Luciano da Silva Cruz, as informações obtidas através do Educampo ajudam a dar sustentabilidade ao negócio.

 Juntamente com o irmão, Carlos, ele gerencia mais de 100 hectares de café em Conceição da Aparecida, no sul mineiro. Luciano cuida da parte financeira e do planejamento, enquanto Carlos fica responsável pela área agrícola. 

Os irmãos Cruz decidiram participar do projeto Educampo justamente para profissionalizar a gestão da propriedade. Foi por meio do gerenciamento de dados que eles passaram a evitar desperdício na adubação das lavouras e a acessar o crédito rural em condições que não prejudiquem o fluxo de caixa da propriedade. “Em uma lavoura de café em que precisaria de 100 gramas de adubo, eu jogava 120 gramas, então eu estava jogando 20% fora. Hoje, consigo sanar esse gargalo com a ajuda de um suporte técnico mais avançado”, diz Luciano Cruz.

“Hoje, a gente tem as análises e em cada lavoura a gente usa um tipo de produto. Eu sei que para o produtor o manejo fica mais difícil, ainda mais trazer vários tipo de adubos na carreta, mas para ver resultado tem que ser assim”, completa Carlos da Silva Cruz. 

 

Canal Rural, 17/11/2017

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo