Culturas

Próxima safra de milho em Mato Grosso exigirá mais investimentos

A próxima safra de milho em Mato Grosso exigirá mais investimentos. De acordo com Instituto Mato-Grossense de Economia Aplicada (Imea), o custo de produção será elevado em 1,5%, totalizando 1.673,79 por hectare. Conforme o Imea, dentre as variáveis que apresentarão maiores elevações, destacam-se os insumos (despesas operacionais). Os preços das sementes e fertilizantes vão aumentar 9% e 11%, respectivamente, sendo os principais vilões para os custos da próxima safra. As despesas fixas subirão dois pontos percentuais no ciclo 2013/14, sendo motivadas, sobretudo, pelos custos de depreciação que devem crescer 28,24%. Os custos da terra também devem chegar a R$ 126,36 o hectare, aumentando 16%.

Mercado interno

O escoamento do milho vem estimulando a reação das cotações desde o início de novembro no Estado. Na última semana, apesar de o cereal apresentar um leve recuo semanal de 0,6% nas médias, devido à baixa dos preços na Bolsa de Chicago (CBOT), encerrou com médias de R$ 12,89 a saca no Estado.

Rural BR, 02/12/2013

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo