Mercado

Unigel Agro SE recebe investimentos para gás natural

O investimento de R$2,7 milhões contempla construção de acesso e de duas estações de medição para o gás natural canalizado. A Sergas iniciou a obra de construção de acesso e das bases para a implantação de duas estações de medição para o gás natural canalizado que vão servir à antiga Fafen/SE. A planta, hoje chamada de Unigel Agro SE, foi arrendada pela Proquigel e tem previsão de entrada em operação em janeiro de 2021.

A intervenção da Sergas está orçada em R$ 2,78 milhões e prevê a instalação das duas estações de medição no município de Laranjeiras e a interligação pela Sergas da rede de distribuição que liga o ponto de entrega Fafen/Sergas às instalações da Unigel Agro SE.

A Sergas fará apenas a entrega do gás natural da TAG à planta. A empresa já possui um contrato de movimentação de gás assinado com a Proquigel. O acordo prevê que, caso a estrutura de entrega não esteja pronta no início das atividades da fábrica, a consumidora poderá utilizar a medição da TAG ou uma medição própria da Unigel Agro SE.

Para o presidente da Sergas, Valmor Barbosa,o contrato de fornecimento de gás natural para a Unigel Agro SE é positivo para a companhia por favorecer o processo de interiorização do fornecimento de gás no Sergipe e levar o gás da empresa a novos municípios.

Governo do Sergipe prevê que Unigel Agro SE vai demandar cerca de 1,4 milhão de m³/dia de gás natural. A retomada da produção na antiga fábrica de fertilizantes é um ponto de destaque no projeto de expansão do uso do gás natural pelo governo do Sergipe. De acordo com o governo, a unidade pode representar uma demanda de cerca de 1,4 milhão de m³/dia de gás natural.

O governo e a Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) acreditam que o estado poderá contar com 8% de participação na produção bruta de gás natural do país em 2029. A perspectiva faz parte do estudo O novo gás de Sergipe: retrospectiva e oportunidades para Sergipe a partir do programa federal “Novo Mercado de Gás”, que o governo e a associação lançaram em outubro.

EPBR, 01/12/2020

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 + 7 =

Botão Voltar ao topo