Mercado

Canadá e UE firmam acordo sobre matérias-primas

O Canadá e a União Europeia lançaram uma nova parceria para garantir cadeias de abastecimento de minerais essenciais e reduzir a dependência da China em busca de empregos e de combate às mudanças climáticas.

“Com os parceiros da UE, conversamos sobre o que podemos fazer para construir uma economia mais limpa nos próximos anos”, disse o primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, a repórteres na terça-feira, após reunião com chefes da UE em Bruxelas. “Para começar a continuar criando empregos bons para a classe média, devemos garantir cadeias de abastecimento de minerais e metais essenciais para coisas como fertilizantes e metais para automoveis”.

“Nós, como europeus, queremos diversificar nossas importações de produtores como a China porque queremos mais sustentabilidade, menos danos ambientais e transparência nas matérias-primas”, disse Von der Leyen, falando ao lado de Trudeau.

A parceria foi revelada como as maiores economias do mundo continuando a meditar em tudo, desde direitos humanos a exportações de tecnologia, com a China zombando dos esforços dos EUA para construir uma coalizão mais ampla para conter Pequim.

O Canadá e a UE disseram em uma declaração conjunta, que a parceria se concentrará em aumentar a “segurança e sustentabilidade do comércio e do investimento; integração das cadeias de valor das matérias-primas; colaboração em ciência, tecnologia e inovação; e critérios ambientais, sociais e de governança”.

Miningweekly, 16/06/2021.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × quatro =

Botão Voltar ao topo