Produção

Unigel reinaugura unidade da Fafen na Bahia – Globalfert

O Grupo Unigel, uma das maiores petroquímicas do país, fez nesta quarta-feira (3) em Camaçari, Região Metropolitana de Salvador, a cerimônia de Inauguração da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (Fafen) Bahia.

A fábrica de fertilizantes foi arrendada da Petrobras juntamente com a fábrica de fertilizantes Unigel Agro Sergipe (já em funcionamento), em processo concluído com a transmissão de posse das duas fábricas em agosto de 2020. A fábrica terá capacidade de produção de cerca de 475 mil toneladas de ureia e 475 mil toneladas de amônia anualmente. Além disso, ela contará também com a produção de 220 mil toneladas por ano de ARLA, substância utilizada em motores a diesel para reduzir a emissão de poluentes. Dessa forma, as duas unidades juntas poderão produzir até 1,15 milhão de toneladas de ureia e 925 mil toneladas de amônia por ano. A unidade de Sergipe conta também com a produção de 320 mil toneladas de sulfato de amônio por ano, fazendo da fábrica a maior do setor de fertilizantes nitrogenados.

O evento teve participação do governador do estado da Bahia Rui Costa, Roberto Noronha Santos – presidente e CEO da Unigel, Elinaldo Araújo – Prefeito de Camaçari, Carlos Da Costa – Secretário Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia e Henri Arnold – fundador do conselho de administração da Unigel.

Roberto Noronha citou alguns desafios para que essa produção fosse retomada: contratação de gás natural competitivo para que ocorra produção sustentável e a não utilização de fontes energéticas poluentes; obtenção de todas as licenças de funcionamento (mais de 39); manutenção da unidade; contratação e treinamento de pessoas capacitadas; implementação de sistemas de Gestão e integração da unidade; agências reguladoras e fornecedores; mais de 300 milhões de reais investidos na unidade; criação de 500 empregos diretos permanentes. Foi citado também a importância para o agronegócio, com contribuição no plantio de café, algodão, milho, cana-de-açúcar e muito mais. “O Brasil precisa produzir mais fertilizantes, pois produz apenas 20% do que é utilizado internamente, para poder competir com os grandes produtores de alimentos mundialmente, como EUA e China, que produzem cerca de 80% do que é consumido internamente.”

O grupo destacou também a criação do projeto amônia verde da Unigel Agro, uma contribuição para a descarbonização e redução das mudanças climáticas, em busca de “uma indústria mais forte, mais verde e mais inovadora.” “Em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, por exemplo, a água de abastecimento das indústrias é proveniente do mar, dessalinizada”.

A Unigel é uma empresa 100% brasileira, atuando nos negócios estirênicos, acrílicos e fertilizantes. Possui unidades industriais tanto no Brasil como no México.

Globalfert, 04/11/2021

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo