Terminal catarinense tem arrendamento prorrogado


O contrato de arrendamento do Terminal Portuário de Santa Catarina (TESC), que está em operação há mais de 10 anos no Porto de São Francisco do Sul (SC), será prorrogado até maio de 2046 (25 anos). A assinatura do contrato foi em Brasília, na quinta-feira (27), na presença de representantes do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, do Programa de Parcerias e Investimentos (PPI), da Secretaria Nacional de Portos (SNP), da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) e do TESC.

A previsão é de R$ 141,2 milhões em investimentos nos quatro primeiros anos, que serão empregados na construção de três silos com capacidade estática de 63 mil toneladas; expansão de área em 8.150 m², instalações, automação e um desvio ferroviário, com capacidade de apoio para até 80 vagões. Isso permitirá acréscimo de 1,5 milhão de toneladas em movimentação de granéis sólidos por ano, a partir de 2023.

O TESC estava na lista de empreendimentos, no âmbito do Programa de Parceria de Investimentos (PPI), para ter a prorrogação antecipada de contrato, sendo o primeiro de sete projetos da segunda rodada do PPI a ser assinado.

O TESC está estrategicamente próximo à rodovia BR-101, o que permite rápido acesso aos principais centros do Mercosul.

As exportações de soja pelo porto de São Francisco do Sul vêm crescendo nos últimos cinco anos, a uma taxa média próxima de 13% ao ano. Diante da redução acentuada da movimentação de contêineres, e visando a promover o crescimento da sua movimentação por meio da diversificação das cargas, a empresa quer propor novos investimentos, para a movimentação de granéis sólidos como grãos e fertilizantes.

 

Porto Gente, 04/08/2017



Cadastre-se e receba semanalmente e gratuitamente direto em seu e-mail a Newsletter do GlobalFert.



© 2017 GlobalFert - Todos os direitos reservados

Principal provedor de informações
estratégicas no mercado de fertilizantes